Quais as possibilidades e limitações legais para a formação de uma liga de clubes?

Por Anderson Santos

A carta de 19 dos 20 clubes da Série A do Campeonato Brasileiro para a direção da CBF, na última terça-feira (15), caiu como mais uma bomba nesse momento de (outra) crise no comando do futebol nacional. Entre outras coisas, comunicou-se o interesse na criação imediata de uma liga de clubes para “organizar e desenvolver economicamente o Campeonato Brasileiro de Futebol”.

A minha ideia neste texto é aproveitar as anotações que fiz para um debate sobre o tema na quarta-feira para tratar do que pode ser feito legalmente para concretizar a liga. Noutro momento eu pretendo tratar de algumas coisas mais práticas para um torneio nacional neste formato.

PARA LER MAIS, CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE A COLUNA TRIVELA NA BANCADA:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s